13 razões para não comemorar o 13 de Maio – ANA CRISTINA ROSA, FOLHA

13 razões para não comemorar o 13 de Maio
Por que ainda é imprescindível agir para combater o racismo

Na semana em que o país completa 134 anos da abolição da escravatura, elenco 13 razões para não comemorar e pelas quais é imprescindível agir para combater o racismo.

O número corresponde ao dia em que, em maio de 1888, com a assinatura da Lei Áurea, negros até então escravizados em território nacional foram relegados à própria sorte —jogados na rua, marginalizados, sem trabalho, sem escola, sem dinheiro, sem direito a direito algum.

“Os senhores foram eximidos da responsabilidade pela manutenção e segurança dos libertos, sem que o Estado, a Igreja ou qualquer outra instituição assumisse encargos especiais, que tivessem por objeto prepará-los para o novo regime de organização da vida e do trabalho”, diz a obra “A integração do negro na sociedade brasileira”, do sociólogo Florestan Fernandes (1920-1995).

Algumas razões contemporâneas para não comemorar o 13 de maio:

  1. A população é discriminada pela cor da pele e textura do cabelo.
  2. Os casos de “injúria” racial são corriqueiros e não causam indignação social compatível ao agravo.
  3. A escravização doméstica de mulheres negras persiste em 2022.
  4. O desemprego e a pobreza são maiores entre pretos e pardos.
  5. Mais de 66% dos menores em situação de trabalho infantil são negros.
  6. Uma criança negra tem 25% mais chances de morrer antes de completar um ano.
  7. Duas a cada três vítimas de feminicídio são mulheres negras.
  8. Pretos e pardos são 78% das vítimas fatais por arma de fogo.
  9. Os mais afetados pela pandemia no país foram pessoas negras.
  10. No mercado de trabalho, mulheres negras recebem menos.
  11. A taxa de analfabetismo é maior entre os negros.
  12. O risco de morte por desnutrição é 90% maior entre crianças pretas e pardas.
  13. O índice de doenças mentais é superior entre os negros.

Difícil manter a sanidade e, em que pese o valor histórico da data, impossível simplesmente comemorar.

13 razões para não comemorar o 13 de Maio – ANA CRISTINA ROSA, FOLHA
Rolar para o topo