59% QUEM? – Faukecefres Savi

          Nos textos do blog de hoje contidos abaixo, vemos que pesquisa Datafolha registra que 59% dos pesquisados, não querem que Bolsonaro renuncie.

          Lido assim, curto e grosso, pode-se entender que a maioria do povo brasileiro concorda com tudo o que ele diz e faz, principalmente o que não faz.

          Sabe-se que na quarentena as pesquisas são feitas por telefone, aleatoriamente, e se a pergunta for “concorda com a renúncia de Bolsonaro?”, a resposta vai limitar-se a um sim ou um não. Daí somam-se os números e apura-se 59%.

          Se eventualmente pudesse se perguntar ao pesquisado, por que ele vota sim ou não, mesmo apesar de tudo o que se passa, os motivos poderiam ser imensamente variados, desde o desconhecimento de causa até a paixão pelo “mito”.

          Num país onde o índice de anafalbetismo funcional é gigantesco, teríamos que apurar se o pesquisado  consegue somar 2+2, ou se posto perante um texto a escrever juntaria b com a para sair ba.

          Os toscos se atraem e tosco gosta de tosco porque ele é “igual a mim”, fala a língua tosca que  entendo, mas é assim mesmo que eu gosto, diria o “vulgo”.

          Números são frios, e esses mesmos 59% que provavelmente ainda não pressentiram o que virá, provavelmente mudariam de opinião quando a coisa apertar, o hospital não tiver vaga, os respiradores forem insuficientes, e os parentes e amigos estiverem falecendo.

E que o chefe, o mito, seja lá o que for, além de não ajudar, atrapalha quem trabalha, e que seria muito melhor que ele se fosse, renunciando, o que responderia?

          Quem viver, verá.

59% QUEM? – Faukecefres Savi
Rolar para o topo