BOLSONARO E A PESQUISA DATAFOLHA (TRECHO) – GLOBO

Para o cientista político Eduardo Grin, o Datafolha aponta queda no número de apoiadores de Bolsonaro.

— Cresce a rejeição na pandemia e um sentimento de antibolsonarismo. O eleitor “pendular”, mais moderado, vê que do outro lado tem outros candidatos, como o Lula e outros nomes no campo do centro.

A pesquisa do Datafolha também mostra que 50% da população é contra a abertura de um processo de impeachment contra Bolsonaro. Outros 46% dos entrevistados disseram ser a favor da medida. O grupo que diz não ao impedimento do presidente é formado, principalmente, por moradores do Sul do país (59% dos entrevistados dessa região são contra o impeachment), evangélicos (59%) e empresários (81%). O impeachment tem maior apoio entre mulheres (58% delas se declaram a favor da medida), quem ganha de 5 a10 salários mínimos (57%) e quem vive no Nordeste (56%).

MEU COMENTÁRIO:

Resumindo o resumo, Bolsonaro se sustenta graças ao apoio de evangélicos e empresários.

É sempre oportuno encontrar e dar nome aos bois, para sabermos com quem lidar quando chegar o momento que se desenha como inevitável: a queda do atual governo.

BOLSONARO E A PESQUISA DATAFOLHA (TRECHO) – GLOBO
Rolar para o topo