Ciro Nogueira revela que Bolsonaro patrocina o caos para culpar a Petrobras – JOSIAS DE SOUZA, UOL

Ciro Nogueira revela que Bolsonaro patrocina o caos para culpar a Petrobras

Engana-se quem imagina que o governo Bolsonaro deseja modificar a política de preços da Petrobras. O que o Planalto deseja é culpar a estatal pela inépcia que agrava a inflação dos combustíveis. O objetivo foi escancarado numa entrevista do chefe da Casa Civil Ciro Nogueira ao jornal Valor. O caos promovido por Bolsonaro ainda não reduziu um mísero centavo na bomba. Mas o ministro esclarece que a responsabilidade é da Petrobras, não do presidente.

Responsável pelo filtro de todas as propostas enviadas pelo Planalto ao Congresso, Ciro Nogueira disse ser contra a alteração do modelo que vincula os preços dos combustíveis à variação do dólar e à cotação do barril de petróleo no mercado internacional. O que seria necessário, disse o ministro, é a criação de “uma medida de transição” para atenuar as oscilações de preço provocadas pela guerra na Ucrânia.

“Eu acho que nós tínhamos que efetivamente ter tido medidas para enfrentar essa crise, como aconteceu em diversos outros países”, disse o ministro. “Mas nós não encontramos sensibilidade na Petrobras, também muitas vezes por questões de CPF dos próprios gestores, que ficam preocupados com as penalidades que eles possam vir a sofrer se isso for implementado.”

Ciro Nogueira exagera no cinismo. A atribuição da Petrobras, uma companhia de capital aberto, com ações na bolsa, é dar lucro, pagando impostos e dividendos ao Tesouro Nacional. Caberia ao governo utilizar os valores bilionários que recebe da estatal para criar mecanismos capazes de atenuar os efeitos da flutuação dos preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha.

O ministro também apontou a importação de quase 30% do combustível consumido no Brasil como outro entrave à superação da crise. Ele culpa os governos do PT, que desviaram o dinheiro que seria usado para construir refinarias.

“Por que nós estamos importando 30%?”, pergunta o chefe da Casa Civil. “Porque as refinarias que eram para ser construídas no governo do Partido dos Trabalhadores foram desviados os seus recursos, não foram feitas. O Brasil é o único país grande no mundo que não é autossuficiente em refino. […] Hoje, nós estaríamos nesse momento de crise protegidos, se nós tivéssemos feito isso. Não fizemos.”

Nesse ponto, o ministro ofende a inteligência alheia ao se eximir de responsabilidades. Sob o comando de Ciro Nogueira, o PP tornou-se sócio do petismo no assalto à Petrobras. Agora, é parceiro de Bolsonaro. Quem ouve o ministro se convence de que é falsa a impressão de que falta rumo ao governo. Percebe-se que a gestão Bolsonaro escolheu o rumo da perversão.

Ciro Nogueira revela que Bolsonaro patrocina o caos para culpar a Petrobras – JOSIAS DE SOUZA, UOL
Rolar para o topo