DETALHES SINGELOS – RUY CASTRO – FOLHA

Safáris de araque, banho no bidê, paixão por sorvete, xixi na cama

Não por dever, mas por prazer mesmo, vivo lendo biografias, perfis e memórias de escritores, artistas, atletas, diplomatas e de quem quer que tenha tido uma vida ativa e profícua, não importa a época ou a origem. E, quase sempre, vejo-me diante de revelações surpreendentes sobre os biografados. Aliás, são os menores detalhes que trazem essas surpresas.

Ernest Hemingway, famoso por livros sobre a África, como “As Neves do Kilimanjaro”, e por viver se gabando de matar leões e elefantes em suas caçadas por lá, não era assim tão macho. Hemingway ia à África por agências de viagem, e os safáris de que participava eram preparados, tendo como alvos elefantes e leões velhos e doentes. E F. Scott Fitzgerald, em plenos “anos loucos”, traía certo provincianismo. Ao chegar para uma longa temporada em Paris, em 1924, hospedou-se no Ritz e, como nunca tinha visto um bidê, achou que era uma banheirinha para crianças. Pois foi no bidê do Ritz que Zelda, sua mulher, deu banho em Scottie, a filhinha do casal, pelos meses seguintes. 

Guimarães Rosa, a poucas horas de sua posse na Academia Brasileira de Letras, em 1967, estava quase histérico de medo. Quem contou isso foi seu amigo, o romancista Geraldo França de Lima, chamado por ele ao seu apartamento para ajudá-lo a vestir o fardão. E o compositor Sergio Ricardo é lembrado até hoje por ter quebrado seu violão e o atirado na plateia, em resposta às vaias que não o deixavam cantar, no Festival da Canção da Record, em 1967. Mas não seria por falta de instrumento que ficaria sem trabalhar. Segundo ele próprio, ganhou “milhares de violões” de pessoas solidárias com seu gesto.

E muita gente tem coisas em comum. Orson Welles, Marlon Brando e Charles Mingus, por exemplo, eram loucos por sorvete. Já o poeta Dylan Thomas, Rock Hudson e Ronaldo Fenômeno, mesmo em marmanjos, ainda faziam, singelamente, xixi na cama.

O escritor Ernest Hemingway tendo ao fundo o Kilimanjaro
O escritor Ernest Hemingway tendo ao fundo o Kilimanjaro – Reprodução

Ruy Castro

Jornalista e escritor, autor das biografias de Carmen Miranda, Garrincha e Nelson Rodrigues.

DETALHES SINGELOS – RUY CASTRO – FOLHA
Rolar para o topo