EDUARDO BOLSONARO ESTREIA NA LIDERANÇA COM TEORIA DA CONSPIRAÇÃO – BRUNO BOGHOSSIAN – FSP

Em trama internacional, deputado culpa esquerda por problemas que ainda nem existem

Potencial ex-futuro embaixador, ele sentenciou que as manifestações em Santiago e Quito são uma maquinação da ditadura venezuelana para desestabilizar governos do continente. Repetiu, ainda, a tese de que o óleo que banha as praias nordestinas é fruto desse mesmo complô.

O bolsonarismo costuma buscar refúgio nas lentes ideológicas para mascarar suas frustrações. Desta vez, o filho do presidente foi longe: reproduziu uma teia de perseguições criada nas redes sociais e compartilhou um vídeo publicado pelo líder da extrema direita do Chile –deixando bem claras suas afinidades.

O deputado Eduardo Bolsonaro no plenário da Câmara – Pedro Ladeira/Folhapress

Ainda que os protestos nas ruas chilenas e equatorianas tenham óbvios contornos políticos, eles refletem mais uma crise de representatividade e um cansaço com os governantes de maneira geral do que um conluio global típico da Guerra Fria.

Os apuros enfrentados por Evo Morales após mudar a regra do jogo para disputar mais uma reeleição na Bolívia juntam as pontas. O resultado das urnas está sob contestação, e o esquerdista se tornou alvo de manifestantes que certamente não são financiados pelos socialistas.

A exaustão dos eleitores não é um fenômeno de 2019. O bolsonarismo, aliás, se alimentou desse sentimento, gestado por aqui desde a primeira metade desta década. Eduardo só descreve os episódios recentes pelo viés da ideologia porque pretende tirar proveito político desse delírio.

A ameaça da esquerda é o eixo principal dessa espiral de alucinações, que serve para disfarçar até os insucessos do governo. “Não fiquem surpresos se mais instabilidade vier por aí”, disse Eduardo, jogando para inimigos externos a culpa por problemas que ainda nem existem.

Bruno Boghossian

Jornalista, foi repórter da Sucursal de Brasília. É mestre em ciência política pela Universidade Columbia (EUA).

EDUARDO BOLSONARO ESTREIA NA LIDERANÇA COM TEORIA DA CONSPIRAÇÃO – BRUNO BOGHOSSIAN – FSP
Rolar para o topo