Epicentro do coronavírus, Sudeste fica por último na agenda de Bolsonaro – VEJA.COM

Depois de falar com governadores do Norte e Nordeste, presidente fará videoconferência chefes do Sul e Centro-Oeste; inimigos, Doria e Witzel vão esperar

Por Robson Bonin – 

Jair Bolsonaro, usando máscara protetora, durante entrevista coletiva para anunciar medidas para conter a propagação da doença por coronavírus, em Brasília Adriano Machado/Reuters
  • Depois de ser elogiado nas redes nesta segunda pelo diálogo na videoconferência com governadores do Norte e Nordeste, Jair Bolsonaro vai repetir a agenda de reuniões com governadores do Sul e do Centro-Oeste nesta terça.

O presidente deve deixar apenas para quarta-feira a videoconferência com governadores do Sudeste. Deixada por último na agenda presidencial, a região é o epicentro da contaminação de coronavírus no país, além de abrigar os maiores e mais populosos estados brasileiros.

O Ministério da Saúde atualizou nesta segunda para 34 o número de vítimas fatais de coronavírus. Os casos confirmados chegam a 1.891

Nos últimos dias, Bolsonaro travou uma disputa política com Wilson Witzel e João Doria por causa das medidas implementadas por eles no Rio e em São Paulo.

Epicentro do coronavírus, Sudeste fica por último na agenda de Bolsonaro – VEJA.COM
Rolar para o topo