FHC: Bolsonaro pensa como um militar de baixa patente que gosta de aumento – FONTE:UOL

FHC: Bolsonaro pensa como um militar de baixa patente que gosta de aumento
Do UOL, em São Paulo

30/11/2020 11h47

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse hoje que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não sabe se movimentar politicamente, é uma pessoa “corporativista” e tem “a visão de um militar de baixa patente que gosta de aumento de salário”.

Em entrevista ao UOL, conduzida pelo colunista Tales Faria, FHC avaliou que Bolsonaro ganhou a eleição porque teve a capacidade de se comunicar com certas camadas da população.

“Acho que quando o Bolsonaro ganhou era mais fácil porque ele criticava o desastre do PT, tudo era negativo, dava a ilusão de que tinha uma visão liberal (…) Agora, você vê que não, ele é uma pessoa corporativista, tem a visão de um militar de baixa patente que gosta de aumento de salário, de governo, e não sabe se movimentar ao meu ver. Não sabe se movimentar com a ligeireza e com a verbalidade necessária para tocar em vários sentimentos”, avaliou.

O ex-presidente disse que o país precisa ser fiscalmente responsável e que o ministro da Economia, Paulo Guedes, “fala para o mercado financeiro”, quando deveria falar para a população. “Ele não tem essa capacidade política de falar de um modo que toque nas pessoas, isso é fundamental”.

Questionado sobre o Centrão, apontado como o grande vitorioso do pleito, FHC disse que o presidente precisa do grupo para obter maioria no Congresso, mas que cabe ao mandatário saber manejá-lo.

“Se ele entregar ao Centrão, ele está perdido também. Passa no Congresso o que ele quiser, mas depois ele perde a eleição”, disse.

FHC: Bolsonaro pensa como um militar de baixa patente que gosta de aumento – FONTE:UOL
Rolar para o topo