HUMOR: CRESCE A EPIDEMIA DE DRAUZIO VARELLA – RENATO TERRA – FOLHA

Jovens de esquerda foram identificados como grupo de risco

O jovem sorocabano José de Aguiar, conhecido como Aguiarzinho, foi internado às pressas na manhã de hoje. “Desde o começo da semana, Aguiarzinho repete, obsessivamente, que Drauzio Varella deve se candidatar à Presidência da República. Que Drauzio Varella é o único nome capaz de unir o país. O diagnóstico é claro: Aguiarzinho foi infectado pela epidemia de Drauzio Varella que se espalhou pelo país”, explicou o dr. Aparecido Wilson dos Santos.

Ilustração feita com manchas de cores. Nela, Drauzio Varella está dentro de um vírus
Débora Gonzales/Folhapress

Exames mostraram que o jovem sorocabano foi infectado pela comovente entrevista que Drauzio Varella fez com uma transexual no programa Fantástico. “As pessoas vivem reclamando da vida, querendo lacrar, ganhar discussões. O Drauzio vai lá e faz! Mostra a realidade sem querer se promover, sem cercar tudo de ideologia”, disse Aguiarzinho, num momento de crise. Para sua segurança, o jovem teve que ser sedado.

Há suspeitas de que o paciente zero tenha contraído o vírus ao assistir à participação de Drauzio no Roda Viva. “A partir daí, a disseminação se espalhou mais rápido que a febre de podcasts ou a pandemia de crossfit”, explicou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

A Organização Mundial da Saúde fez um alerta: “O público mais suscetível ao vírus é composto pelos jovens de esquerda”, explicou, diante de um PowerPoint, a sanitarista Clarissa Girão. “O vírus encontra um abrigo perfeito no vazio deixado por lideranças de esquerda no coração dos jovens. Existe o risco enorme de manifestação de delírios coletivos”, completou.

Para o tratamento, a OMS recomenda que os pacientes sejam mantidos offline e incomunicáveis. “É um vírus que se espalha rapidamente pelo Twitter e pelas redes sociais. Além, é claro, do boca a boca. O curioso é que não há período de incubação. Os sintomas aparecem imediatamente”, ponderou Girão.

A vacina para conter a epidemia de Drauzio Varella, no entanto, pode demorar a ser viabilizada. “A cura depende da descoberta de um anticorpo que preencha o vazio deixado pelas lideranças de esquerda”, disse a sanitarista. Como primeiro passo, os cientistas foram consultar Lula para saber a opinião dele. Ciro Gomes discordou da iniciativa e ameaçou jogar um Carvalhão contra a Fiocruz. Marina Silva tossiu e se isolou em Galápagos.

“Jovens politizados tentaram, em vão, eliminar o vírus”, diagnosticou o próprio Drauzio Varella. “É como se as hemácias brigassem com os leucócitos e sabotassem as plaquetas”, resumiu.

Renato Terra

Roteirista e autor de “Diário da Dilma”. Dirigiu o documentário “Uma Noite em 67”.

  • COMPARTILHAMENTO ESPECIALCOMPARTILHAMENTO ESPECIALAssinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da FolhaAssinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da FolhaAssinantes podem liberar 5 acessos por dia para conteúdos da FolhaASSINEouFAÇA LOGIN
HUMOR: CRESCE A EPIDEMIA DE DRAUZIO VARELLA – RENATO TERRA – FOLHA
Rolar para o topo