HUMOR: Jair entrevista Bolsonaro – RENATO TERRA, FOLHA

Indignado com as perguntas antipatrióticas da imprensa, o presidente Jair Bolsonaro resolveu divulgar semanalmente uma entrevista consigo mesmo. A ideia partiu da Secretaria de Comunicação do governo. Eis a primeira.

Bolsonaro: O que vai fazer o governo no tocante à cuestão do combate ao coronavírus na próxima semana? Já fizemos coisa pra caralho. E vamos fazer mais uma porrada. Segunda, logo no primeiro horário, prometo xingar o João Doria. De tarde, mando uma trozoba pro Witzel e pros comunistas da Bahia até Roraima. Pros baitolas que estão sem teatro, cinema, sarau de poesia e oficina de miçanga, mando um recado: tenho um arsenal de crises políticas pra distrair a população até o fim da pandemia. Quem não assa pão em casa se diverte com meu circo. No sábado, vou fazer jejum enquanto o churrasco fica pronto.

O Placar da Vida, divulgado pela Secom, mostra que estamos batendo recordes de brasileiros recuperados da Covid-19. Como melhorar o tocante a isso aí? Temos trabalhado todo dia pra aumentar o número de infectados. Perguntei pro Paulo Guedes, que manja de tabuada, e ele disse que essa é a única maneira de aumentar esse número aí.

Além da competência, o que mais chama atenção no ministro da Saúde? (Ô Fabio Kingergarden, depois coloca o nome do cara aqui porque eu esqueci). Tem que parar com esse mimimi de “ah, eu tô doente”. E daí? Se vira, porra. O ministro [coloca o nome aqui] tá fazendo um enorme favor ao povo brasileiro. Em vez de dar o tratamento, tá ensinando as pessoas a se curarem. O brasileiro tem que se tornar empreendedor do seu sistema imunológico, cacete. Já falei pra ele: o último a sair, apague o SUS.

Qual o remédio pra retomada da economia? Tenho receitado cloroquina pra isso aí. O astronauta lá da Ciência veio com uma pesquisa que mostra que tem até lactobacilo vivo ali naquela porra. O Exército vai produzir cloroquina pra gente limpar a casa, lavar o cabelo, escovar os dentes. A gente vai exportar essa bagaça. Tipo um Oriente Médio, só que com cloroquina.

Que porra é essa de Frente Ampla pela Democracia? Tudo terrorista, maconheiro ou viado.

HUMOR: Jair entrevista Bolsonaro – RENATO TERRA, FOLHA
Rolar para o topo