MAIS DO MESMO – MIRIAM LEITÃO – O GLOBO, RJ

NA CBN

Nova MP trabalhista também prevê suspensão do contrato e redução de jornada e salário

Carteira de trabalho

Carteira de trabalho | Roberto Moreyra

 A minuta da nova MP trabalhista está pronta e vai manter a suspensão de contratos de trabalho, alcançando os trabalhadores que ganham até três salários mínimos.

Um integrante da equipe econômica me contou que trabalhou a noite inteira preparando a nova Medida Provisória trabalhista. A minuta ficou pronta e vai à discussão dentro do governo e depois será enviada ao Congresso, que pode modificar as regras. A ideia é manter a suspensão do contrato e do salário, mas com acesso ao seguro-desemprego, e ajuda do governo e do empregador. O trabalhador não ficaria sem renda. A MP traz uma segunda opção, que é a redução da jornada e do salário em 50%. Também nessa hipótese haveria ajuda do governo, que pagaria uma parte e a empresa a outra. O limite seria de até três salários mínimos. A ideia anterior era limitar a dois salários.  

Pelas contas do governo, se for até três salários mínimos, a MP vai alcançar 83% dos empregados formais.  

A segunda-feira havia sido um dia intenso, e no fim o presidente Jair Bolsonaro recuou. Mas a nova MP vai trazer a possibilidade polêmica, de suspender o contrato de trabalho. Mas haveria a garantia de alguma renda para o trabalhador.  

MAIS DO MESMO – MIRIAM LEITÃO – O GLOBO, RJ
Rolar para o topo