O BRASIL VISTO DE FORA: “O QUE DEU ERRADO NO BRASIL FOI JAIR BOLSONARO, DIZ PODCAST DO NYT – FOLHA


Washington Post reporta como, ‘devastado pelo coronavírus, país vira campo de testes para vacinas’

O podcast The Daily, do New York Times, dedicou sua meia hora para “O que deu errado no Brasil”, na pandemia. O correspondente no Rio, Ernesto Londoño, relatou as ações e declarações de Jair Bolsonaro desde o princípio.

“O Brasil tinha o preparo, tinha um histórico de resposta decisiva aos desafios em saúde”, falou, citando Zica e Aids, mas desta vez “não montou uma resposta coerente”. Bolsonaro “impediu adotar um plano que fizesse sentido e, no fim das contas, não houve controle do vírus”.

O podcast fez largos elogios ao SUS, “serviço público de saúde robusto e sofisticado” que venceu as crises anteriores de saúde e poderia ter feito o mesmo, agora.

Já o correspondente do Washington Post, Terrence McCoy, publicou a reportagem “Devastado pelo coronavírus, Brasil se torna o principal campo de testes para vacinas”, de laboratórios como o britânico AstraZeneca e o chinês Sinovac. No primeiro parágrafo do texto:

“O surto praticamente descontrolado, o segundo pior do mundo e em alta, está fazendo do Brasil um campo de provas para pesquisas que correm para encontrar uma vacina.”

OS FLAUTISTAS
A frase saiu dias atrás, no London Review of Books: “Jair Bolsonaro, Donald Trump e Boris Johnson: homens que você não encarregaria de conter um surto de acne”.

Partindo dela, o britânico Financial Times publicou a análise “Os políticos que atuaram mal na crise”, ilustrada com uma imagem do primeiro-ministro como o flautista de Hamelin e enfatizando como os três seguiram apertando mãos e sem máscara em público.

EUROPA & AMAZÔNIA
Alemães da revista Der Spiegel aos jornais Bild e Die Zeit destacam as “Maiores queimadas na Amazônia em 13 anos”.

E o francês Le Monde publica “Desmatamento: Casino é implicado no Brasil”, reportando que o grupo de supermercados “não controla suficientemente a origem da carne que comercializa”.

DESDE 1901
Da Bloomberg, com chamada no portal Drudge Report, “América Latina caminha para queda mais profunda desde pelo menos 1901”, quando começou a coleta de “dados confiáveis” de economia. O Banco Mundial já vê “retrocesso no avanço feito no combate à desigualdade e à pobreza”.

Na Economist, na mesma linha, “Uma tragédia econômica latino-americana”.

O BRASIL VISTO DE FORA: “O QUE DEU ERRADO NO BRASIL FOI JAIR BOLSONARO, DIZ PODCAST DO NYT – FOLHA
Rolar para o topo