O DONO DOS SEGREDOS DA REPÚBLICA – RICARDO NOBLAT – BLOG EM VEJA.COM

Abuso de autoridade

 (Cristiano Mariz/VEJA)

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, passou a ser o guardião dos segredos mais cobiçados da República desde que pediu e obteve cópias de todos os relatórios de inteligência financeira (RIFs) produzidos pelo antigo Coaf (hoje UIF) nos últimos três anos.

Trata-se de informações sigilosas que envolvem cerca de 600 mil pessoas (412,5 mil físicas e 186,2 mil jurídicas), muitas delas expostas politicamente e com prerrogativa de função, segundo o jornal Folha de S. Paulo. Toffoli alega que precisa entender o procedimento de elaboração e tramitação dos relatórios.

Bancos e instituições afins são obrigados a informar ao UIF (ex-Coaf) a existência de movimentações financeiras atípicas. Isso não significa necessariamente que os autores das movimentações tenham cometido algum crime. Há familiares do presidente Jair Bolsonaro citados nos relatórios que Toffoli recebeu.Notícias para você

O DONO DOS SEGREDOS DA REPÚBLICA – RICARDO NOBLAT – BLOG EM VEJA.COM
Rolar para o topo