PELA RÉGUA DE HELENO, BOLSONARO VIROU EXTORQUIDO – JOSIAS DE SOUZA – BLOG DO JOSIAS

Há 13 dias, o general-conselheiro Augusto Heleno disse duas coisas definitivas: 1) Bolsonaro não deveria ceder “às chantagen$” do Congresso; 2) o presidente deveria “convocar o povo às ruas”. Ao negociar com a banda da “extorsão” antes que o asfalto tivesse a oportunidade de roncar, em 15 de março, o capitão como que intimou Heleno a reagir. Pode fazer uma cara de nojo. Também pode definir melhor as coisas numa carta de demissão. Só não pode se fingir de sonso.

Em época de coronavírus, um presidente que se elegeu prometendo reformas capazes de descongelar a economia precisa colecionar aliados e fugir de brigas. O pior conselheiro nessas horas é o amigo que enxerga solução no paiol. O Poder ensina que, mesmo um presidente que possua itinerário claro, não dirige sozinho os rumos do país nessa ou naquela direção.

Depois de atiçar as ruas, Bolsonaro retomou, com duas semanas de atraso, o entendimento costurado pelo seu coordenador político, o general Luiz Eduardo Ramos. Prevê a divisão entre Executivo e Legislativo dos R$ 30 bilhões que os parlamentares queriam impor com o orçamento impositivo. Meio a meio, R$ 15 bilhões para cada. Diante do vaivém, adiou-se a sessão que analisaria veto de Bolsonaro ao Orçamento.

No mundo real, o poder efetivo de um presidente não vai muito além dos quatro andares do Planalto. Fora desse ambiente, o poder presidencial tende a se dissipar nos desvãos da máquina estatal e no Legislativo. Uma das principais atribuições de Bolsonaro é a de gerenciar o entrechoque de forças subterrâneas. Um presidente pode governar essas forças ou ser governado por elas.

Nesse ambiente, quem fabrica crises em série acaba transformando trono em cadeira elétrica. Bolsonaro e alguns de seus operadores alegam que forças do atraso bloqueiam o governo no Congresso. Pode ser uma boa desculpa. Mas a pose de extorquido não ajuda a atarraxar um governo que roda como parafuso espanado desde que obteve do Congresso a aprovação da reforma da Previdência.

PELA RÉGUA DE HELENO, BOLSONARO VIROU EXTORQUIDO – JOSIAS DE SOUZA – BLOG DO JOSIAS
Rolar para o topo