Sob Bolsonaro, você financia a milícia que engana e envenena a sociedade – JOSIAS DE SOUZA, UOL

O relatório enviado pela delegada Denisse Ribeiro ao ministro Alexandre de Moraes sobre a atuação da milícia digital bolsonarista anima e apavora.

É animador porque ilumina os porões de uma organização criminosa que se dedica a produzir e difundir desinformação e ataques a pessoas e instituições.

O relatório apavora porque pede a realização de novas diligências a oito meses das eleições. Significa dizer que a punição dos criminosos, se vier, não chegará antes do final do mandato de Bolsonaro.

A delegada esmiuçou no documento enviado ao Supremo um esquema que já é de conhecimento público. Confirmou que há milicianos escondidos atrás de computadores instalados no Planalto.

Realçou que a live semanal de Bolsonaro, transmitida desde a biblioteca do Alvorada, é uma das vitrines onde a delinquência é exposta. O presidente mente sobre temas variados —de pandemia a urnas.

Na prática, o contribuinte brasileiro ajuda a financiar a engrenagem montada sob Bolsonaro para ludibriar e envenenar a sociedade.

O gabinete do ódio virou uma espécie de trem fantasma. Após sinalizar ao Supremo que a composição continua nos trilhos, a delegada Denisse saiu de licença maternidade. Quem será o substituto?

Ao reiterar mentiras sobre pesquisas e urnas na live que foi ao ar nesta quinta-feira, mesmo dia em que o relatório da doutora veio à luz, Bolsonaro, o maquinista, sinalizou que continua desgovernado.

Sob Bolsonaro, você financia a milícia que engana e envenena a sociedade – JOSIAS DE SOUZA, UOL
Rolar para o topo